O que o Plano de Tratamento te permite fazer

Tempo de leitura: 3 minutos

Sabemos sobre a importância do planejamento para o sucesso do tratamento do paciente. Portanto, o que é realizado na consulta inicial é vital para a sequência do tratamento e, consequentemente para a fidelização do seu paciente.

No LaudOnline, o planejamento odontológico e financeiro do tratamento do paciente é realizado no Planos de Tratamentos.

Dediquei esse post para apresentar a você uma visão geral das funcionalidades desse módulo do software. 

1. Planejar o tratamento do paciente

Planejar o tratamento do paciente nunca foi tão simples. No odontograma é possível definir os procedimento que serão realizados em cada elemento e região.

Por exemplo, é possível definir que será realizada uma Restauração de Amálgama na face oclusal do elemento 21.

Os procedimentos são automaticamente carregados da tabela de procedimentos particulares ou do convênio do paciente.

2. Gerar orçamentos

Definir os valores

Ao selecionar os procedimentos a serem realizados, os valores são carregados automaticamente das tabelas cadastradas no sistema, sejam elas particulares ou do convênio do paciente.

Os valores podem ser alterados durante a elaboração do plano, assim é possível adequar os preços de acordo com a realidade de cada paciente.

Definir a forma de pagamento

Definidos os procedimentos levantados na avaliação da saúde bucal do paciente, é possível selecionar aqueles que serão realizados e gerar um orçamento.

Aqui é possível determinar quais procedimentos serão pagos pelo convênio, quais serão particulares, forma de pagamento, desconto, etc.

Imprimir ou enviar por email

Ainda é possível gerar um documento em formato pdf, o qual pode ser impresso ou enviado por email diretamente do sistema.

3. Separar procedimentos do convênio dos particulares

Conforme dito anteriormente, durante a construção do plano de tratamento do paciente é possível definir quais procedimentos serão realizados pelo convênio do paciente.

Essa uma funcionalidade que facilita e muito o processo, pois nos orçamentos gerados, os valores dos procedimentos que serão realizados através do convênio já ficam zerados para o paciente.

4. Separar procedimentos dos diferentes profissionais

Por diversas vezes, um mesmo paciente passa por vários profissionais durante a realização do plano de tratamento.

Aqui é possível definir para cada procedimento qual profissional irá realizar do procedimento. Isso facilita muito no controle depois, pois o software já vincula a realização dos procedimentos aos profissionais para pagamento e lançamento no prontuário.

5. Definir o plano financeiro do tratamento

No Planos de Tratamento é possível definir todo o plano de tratamento do paciente: método de pagamento, o parcelamento, a data de vencimento das parcelas, se terá entrada ou não, etc. 

Tudo acordado com o paciente, basta clicar em aprovar e tudo é lançado automaticamente no financeiro da clínica e no prontuário do paciente para posterior execução. Assim fica muito mais fácil controlar os pagamentos e a realização dos procedimentos depois.

6. Manter um histórico do que ainda deve ser realizado

Uma última funcionalidade, mas não menos importante, é que tudo aquilo que não for aprovado inicialmente pelo paciente permanece no plano de tratamento.

Assim, é possível ter o controle do que ainda deve ser realizado no futuro. Esse controle pode ser inclusive utilizado para garantir que nada fique para trás, preservando a saúde bucal do paciente, sendo uma fonte de receita futura e contribuindo para fidelização do seu cliente.

 

Sobre Juan Oliveira

Formando em Ciência da Computação pela UFMG, participou ativamente do movimento empresa júnior durante 3 anos. Atualmente, como CEO da LaudOnline, fomenta o empreendedorismo no país e há 5 anos trabalha pela valorização da odontologia por através da melhoria da gestão das clínicas.